Publicado por Ray Lima em 7/10/2015

QUADRA FUNDA

AO MAGO EDU VIOLA

RAY LIMA CENOPOESIA

EDU INCAPAZ DE VIOLAR A PRÓPRIA VIOLA

DEITA-A EM SEU COLO E COM SOL

LA SI TOCA A ALMA DA GENTE

DIALOGA COM OS SILÊNCIOS DE DENTRO

SEM SE PREOCUPAR COM O CENTRO

DESENVOLVE OS SONS DA PERIFERIA DE SER

A INTELIGÊNCIA DO OLHAR SOLTO

EM SEU ENGENHO AMOROSO ENVOLTO DE LUZ

DALI SENTE, VÊ DO OUTRO LADO O OUTRO

COM SEUS GESTUS, SONS ANÍMICOS, MÍMICOS

A DANÇAR SEUS MUNDOS DE LUNDUS PROFUNDOS

DIFÍCEIS ATÉ MESMO IMPOSSÍVEIS DE SE ENXERGAR

EDU DE VIOLA NA MÃO SEM MAIS SEGREDOS

ABRAÇANDO O BRAÇO ENTRE OS DEDOS

DEDILHANDO CORDAS ARRANHANDO O AÇO

ACORDANDO CANTIGAS NAS CORDAS VOCAIS