Revolução Paradigmática da Competição à Cooperação.

Publicado por Vitor Pordeus em 4/1/2016

Anatomias da Competição e Cooperação

Reflexão que ora te ofereço.
Revolução Paradigmática da Competição à Cooperação.
(Infeliz 2016 a Feliz 2016.)


Anatomia da Competição


Discorda antes de entender
Critica em excesso,
Fala mal, vive na fofoca.
O defeito está sempre no outro
Vaidade excessiva, ego deformado e exagerado
Arrogante e ignorante
Se sente ameaçado todo o tempo
Copia os desejos e objetivos do outro,
Não cria nada, comportamento massificado
Não exercita sua diferença, sua singularidade
Acha que pode existir sozinho/a.
Leva tudo para o pessoal.
Atua pela destruição do outro e do mundo.
CAPETAlismo internalizado.


Anatomia da Cooperação

Tenta verdadeiramente compreender e faz crítica construtiva
Faz junto, faz o possível.
Entende que somos todos o mesmo barco
Conhece a si próprio,
Suas habilidades e limites
O Ego é um ponto de Luz na Escuridão que nos rodeia, humildade.
Cria o máximo possível, coopera.
Reconhece a natureza coletiva da humanidade e da biologia
Exercita as diferenças e singularidades
Valores tribais, comunitários, internalizados.
Entende a existência humana como um processo coletivo e histórico.
Atua pela construção do outro e do mundo.
Cuidar do outro é cuidar de mim.
Sai da fofoca e vai para o trabalho coletivo.