O distanciamento na Revolução Pelo Alto

Publicado por Reinaldo Pedreira Cerqueira da Silva em 22/3/2020

O distanciamento histórico é uma técnica pedagógica do Teatro Dialético

O que chamo de Revolução pelo Alto, pode ser encontrado em Antonio Gramsci Cartas do Cárcere de Gramsci, em Marx, como Miséria Alemã Introdução à Critica da Filosofia do Direito em Hegel ou em Lenine como Via Prussiana na passagem do Feudalismo Para o Capitalismo oposto à Via Americana (onde não houve conciliação dos democratas burgueses com o atraso feudal).

No Brasil independente, D.João VI fundou a Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e de Salvador.

Fato curioso, que revela o tema da Revolução pelo Alto (Ou como dizia o monarca português: "Pedro, se o Brasil se Libertar, antes sejas para ti do que para qualquer outro aventureiro") é que este ato que criava uma instituição científica, teve como contrapartida, em sua Direção um tradutor de Victor Cousin, o representante da Filosofia Eclética. Esta filosofia caiu como uma luva, no projeto da classe dominante: fatalmente o ecletismo tinha de ignorar "a coisa em si", isto é, o Trabalho Escravo.

A Ciência médica era para quem podia pagar. A escravidão marcou o Brasil. Tanto que as formas de cura popular se relacionavam com a magia. A magia é descrita em Escravidão, doença e praticas de cura . Não era pensamento "cientifico" dos ecléticos da Faculdade de Medicina ter uma promoção de saúde.