Dançante na Proporção Áurea

Publicado por Bianca Letícia Granja Vale em 20/8/2013


Pecadores, eu vos amo!
Sem angústia, esvai vontades
Fazem-se a pura volúpia do prazer
Doce fazer, remorso ancorado.

Beatos choram, Santo Cristo
Confissão oculta, penar amado
Frio incessante prum corpo dito
Seio do bico eriçado.

Vamos chorar, bela menina
Platônico amor intocado
Fantasia cora tingindo a sina
Percurso feito, inacabado.

Só grande nuvem repentina,
Colírio prum dia inteiro
Retomando a noite cinza
Refletindo o olhar alheio.

Texto: Nós/ Foto: Taianne Oliveira.