Núcleo de Cultura, Ciência e Saúde -Rj/ Planta Medicinal... Gervão Roxo

Publicado por aldecir em 23/10/2014

Originária do Brasil, a planta medicinal Gervão Roxo possui o nome científico Stachytarpheta cayennensis. Popularmente, é conhecida também como Chá do Brasil, Gervão, Erva Gervão, Oribão, Origão ou Gervão Azul. Da família das Verbenáceas, ela pode chegar a medir entre 50 e 80 cm de altura, contém flores de coloração branca ou azul em forma de compridas espigas lineares e suas folhas são pequenas e alternas. A popularidade da planta é grande, já que ela pode ser colhida em qualquer época do ano e é encontrada em quase todos os Estados do país. Outra facilidade é que ela não necessita de muitos cuidados após ser plantada, já que cresce espontaneamente, sendo muito comum em terrenos baldios e pastagens. Não exige preferência climática para se desenvolver bem.

Propriedades e benefícios

Os princípios ativos do Gervão Roxo são: taninos, glicosídeos, saponinas e mucilagens.

Suas propriedades são: diurético, digestivo, béquico, vermífugo, inseticida, anti-inflamatório, cicatrizante e antimicrobiano.

Com tantas propriedades benéficas para o organismo que o consome, o Gervão Roxo é indicado para o alívio ou tratamento de doenças como úlcera, febres, parasitas intestinais, bronquite crônica, furúnculos, eczemas, problemas de fígado, cefaleia, infecções gástricas, amebíase, resfriados, tumores, inchaço do baço, erisipela, distúrbios nervosos, reumatismo, vermes, rouquidão, vitiligo, prisão de ventre, infecções no trato urinário, feridas e machucados, e infecções biliares e hepáticas.

Como utilizar?

Pode-se consumir e se beneficiar das propriedades medicinais do Gervão Roxo de duas formas.

Primeiramente, em caso de doenças e males internos, providencie um chá. Leve ao fogo um litro de água juntamente com vinte gramas de folhas da planta. Deixe ferver por dez minutos e então desligue. Abafe e aguarde mais dez minutos. Então, coe e quando estiver em temperatura agradável beba, recomendavelmente três xícaras ao dia.

Caso o mal seja de ordem externa, como feridas e problemas dermatológicos, prepare um cataplasma. Basta amassar raízes frescas e folhas da planta, sobrepondo-os sobre o local afetado.

Fonte de pesquisa:

http://beneficiodasplantas.com.br/gervão-roxo

Abç.

Agente Cultural de Saúde

Aldecir costa