Grito interno que sucumbe - II

Publicado por Bianca Letícia Granja Vale em 19/4/2014

''Loucura sim, mas tem seu método!'' Eixos vividos.

Catacumbicos relâmpagos desmoronam,
desvairam em destroços
formam-se no acontecer

E os desgraçados fantasmas que atordoam,
gargalham esquizos zunidos comediantes.

Queimam simulacros nas cargas do corisco vulcânico,
tornando-os não mais que a compensatória exacerbada beleza
da fervorosa névoa laval.

Na dança serpenteio revoltando madeixas
um tanto mais que corpulentas na mistura com a poeira do chão
morte viva pela representação absurda da querência do cuidado.

Nuvelares supercelulas
dispostas à absurda e perigosa tempestade,
ao hesitarem estranhamento diante ao toque pensamentar de invasão,
dispõem nuvens mammatus sensível aos sensíveis
dançantes àqueles que confirmam tentar
ratificando a sincronicidade.

Repetir tem sido preciso...

Embrenhar-me no soturno noturno
pontadas cortantes queimam o intimo do peito
sem saber o que podemos ser
Respiro a orla do precipício.

Força?

Dentes rangem noutros destrinchando os lábios,
sanguinolentos pela persistência da frequência sonora
Gonzos anárquicos compõem eixos.
na ponta dos dedos ao giro do anel...

AAAAAAAAAAAAAAAHhgdjsimbolnec>:itorianbranccclux
oflisesesdo,ossssssssmof
O re!! Vozes Velozes.... sons! aaaghrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr...

Porque no delírio busco encontrar?
Sabemos o que somos, mas não sabemos o que podemos ser!

Espelho é o que me interessa!
Só o que me interessa é o que sou
Só o que me interessa é espelho
Só no que me interessa persisto
Só no que me interessa é o que sou.

Ver-me!

Interna e talvez externamente bem recebidos
ao cuidado do olhar...
Estar atento!

Sim! SIM! não!

Feito o ritual dos gritos revoltantes por vitória,
clamam respostas diante a estrondosa inquietude devastadora,
Calejando pés pertinentes à continuidade da relação e acontecimento,
minhas raízes...

Sou lacotiriedade
conceito deInição
Hydrosofia...
Temporelaçãoespaço!
construindo e descobrindo...
é vida! Faço!

Ser ou não ser? estar ou não estar?

Fazemos porque somos nós,
Continuamos porque nos interessa!
O negócio é a peça!

Espaço, Relação, Estar E Tempo...
ou não ser?
Eis a questão!!

:. Fotografia Dudu Mafra Lino, grandioso olhar! .: